R. Luiz Leopoldo Fernandes Pinheiro, 528 Lj. 02 - Centro - Niterói/RJ - Brasil - Cep 24030 - 121
Nossos telefones: (21) 2622-1122 /  DISK COTAÇÃO: 0800 - 3001122
  • Facebook Social Icon

Dez lugares imperdíveis para conhecer no Ceará

December 14, 2018

 
1-Jericoacoara

Jericoacoara ou Jeri é um lugar fora do comum comparado com o mundo moderno das grandes cidades, com tempos corridos, engarrafamentos e filas… As ruas são cobertas de areia e as praias se estendem por quilômetros sem interferências visuais… Tudo tem um toque mais lento e mais descontraído.

O Parque Nacional de Jericoacoara se encontra localizado a 300 km ao oeste de Fortaleza. Reúne um conjunto de belezas naturais de diferentes biomas criando um lugar único. Em 1994 o jornal americano “Washington Post” a escolheu como uma das dez mais belas praias do mundo. A vila não possui postes de iluminação para preservar a iluminação proveniente da lua e das estrelas, as ruas são de areia e não existe estrada de acesso nos últimos 15 km, portanto é necessário veiculo 4×4 para chegar.

 

 

2 – Canoa Quebrada

Canoa Quebrada é uma praia localizada no litoral leste do Estado do Ceará, Distante 163 km de Fortaleza e 12 km da sede do município de Aracati, à qual pertence.

A sua paisagem é caracterizada por dunas e falésias avermelhadas de até trinta metros acima do nível do mar.

 

 

3 – Praia do Cumbuco

As dunas e as lagoas que emolduram Cumbuco fazem da vila de pescadores um parque natural de diversões. O destino é repleto de atividades na areia e na água, como passeios de jangada e de bugue, esquibunda… Por conta dos bons ventos, a praia é considerada uma das melhores do mundo para a prática de kite e windsurf.

Um dos cartões-postais da região é a lagoa do Banana, movimentada nos finais de semana por conta das barracas instaladas ao redor. Dentro dá água, lanchas, jet skis, caiaques, pranchas de wind e banana-boats dividem a bela paisagem. Uma das maneiras mais divertidas de chegar ao local é através de um passeio de bugue em meio às dunas e coqueirais.

 

 

4 – Parque Nacional de Ubajara

O Parque Nacional de Ubajara dispõe de atrativos naturais, que durante os períodos de férias escolares e feriados prolongados, o fluxo de visitação é bastante intenso.

Para o visitante que gosta de um ambiente calmo, a melhor época para visitar o Parque é durante os meses de fevereiro a junho, com exceção dos feriados de Carnaval e Semana Santa, onde a visitação média é de 1.500 visitantes/dia. O outro período é de agosto a novembro.

Vale ressaltar que durante o período de janeiro a junho, o clima oscila entre 16 e 18 graus, durante a noite, e, durante o dia, entre 20 e 24 graus. Já durante o período de julho a dezembro, a temperatura média é de 28ºC, durante o dia e de 19ºC, durante a noite.

 

 

5 – Praia da Lagoinha

A Praia da Lagoinha é completa para qualquer turista. Como foi “descoberta” por estrangeiros, as barracas e restaurantes aqui são muito bem estruturados e possuem um cardápio bastante diversificado. Há muitas pousadas e hotéis bem confortáveis em toda a orla e ainda casas de veraneio para você passar suas férias.

O passeio de catamarã passa por algumas das principais lagoas da região. A Lagoa da Almécegas é o ponto principal desse passeio, onde você para e pode registrar um dos cenários mais lindos da Praia da Lagoinha.

Assim como em todas as praias do Ceará, você consegue alugar um passeio de buggy para percorrer toda a costa. Na Praia da Lagoinha o bugueiro levará você pelas fontes da cidade e claro, percorrer as dunas com muita emoção.

 

6 – Praia de Beberibe

O município de Beberibe tem 54 km de litoral e todas as praias são de uma beleza natural indescritível e incomparável. A natureza parece estar inspirada, sempre renovando o cenário das Falésias e surpreendendo a todos que passam por la.

Das Praias de Beberibe as que mais se destacam são a Praia das Fontes e Praia de Morro Branco, contornadas pelo Monumento Natural das  Falésias.

Somente a 5km de Beberibe. A Praia de Morro Branco é Internacionalmente conhecida por seu exuberante labirinto de falésias que ficam por toda a beira mar, das quais estão sujeitas à erosão do vento e das águas. A praia é composta por areias coloridas devido à variação das camadas das falésias. Aqui é onde se destaca o Parque Nacional das Falésias.

Na praia tem ótimos hotéis e um resort, também é rodeada por dunas e falésias coloridas, por onde flora fontes de água doce e entre suas dunas fica a Lagoa da Uberaba, da qual é retirada a água para o abastecimento do município.

 

 

7 – Praia do Futuro

A Praia do Futuro é a mais famosa de Fortaleza e um lugar que não se pode deixar de conhecer ao visitar a cidade. Com mar verde, extenso trecho de areia e ondas mais fortes, essa praia é escolhida por muitos nativos para praticar esportes como kitesurf e surf, além de ser a sede das famosas barracas de praia. É, também, ótima para mergulho e não tem águas geladas como no sul do país.

Ir à Praia do Futuro é sinônimo de escolher uma barraca para ficar. As mega barracas oferecem toda a estrutura de que os visitantes precisam – desde sombra e lugar para sentar até comes e bebes. Como são muitas as barracas, cada turista tem uma preferência, entretanto podemos citar algumas que fazem mais sucesso atualmente: Crocobeach (estrutura enorme, porém tem muitos vendedores ambulantes); Vira Verão; Vila Galé; Guarderia Brasil (público jovem); Itapariká (boa para quem está com crianças); Terra do Sol (destaque para a cozinha); Vojnilô Praia e Chico do Caranguejo.

As barracas têm movimento tanto durante o dia quanto à noite, sendo consideradas points da vida noturna da capital cearense

 

 

 
8 – Praia da Barra Nova

O vai e vem da maré molda a paisagem da Praia de Barra Nova descortinando um lugar e muitos destinos a serem descobertos.

Praia de areias brancas e águas límpidas vai-se  transformando ao longo do dia. O mar e o rio são os autores desta transformação cênica que deixam os visitantes seduzidos pelas belezas que surgem a cada dia.

O encontro do Atlântico com o Rio Choró  vai criando novos contornos e redefinindo a paisagem diariamente ao amanhecer ou entardecer, criando um cenário de perfeita harmonia, tranqüilidade num singelo ambiente acolhedor.

Devido a calmaria das águas, dá para praticar natação ou até mesmo hidroginástica, mas a maioria das pessoas prefere mesmo é o banho descontraído e reparador em um cenário de perfeita harmonia e tranqüilidade.

 

 
9 – Guaramiranga

O clima ameno, a cadeia de montanhas a mais de 1.000 metros de altitude e a neblina na cidade fazem com que você pense que está em algum lugar da serra catarinense ou mineira. Para contrariar todas as expectativas, porém, o próximo destino da nossa série Lugares Românticos é Guaramiranga, no Ceará, que fica a somente 110 km de Fortaleza e possui um contraste enorme com a paisagem da capital.

Cravada entre as montanhas da região do Maciço do Baturité, Guaramiranga tem pouco mais de 5 mil habitantes e aquele clima gostoso de cidade romântica, com uma igreja matriz ( e várias outras), um centrinho simpático e  vistas de tirar o fôlego do alto da serra.

As atrações naturais da região não podem ser contadas nos dedos, mas talvez a melhor maneira de aproveitar o passeio seja começar a parte mais aventureira da viagem no Parque das Trilhas, que fica pertinho do centro e possui diversos níveis de caminhada pela Mata Atlântica.

 

 

10 – Juazeiro do Norte

Um prato cheio para quem busca um turismo cultural e religioso, Juazeiro do Norte é uma cidade de muitas tradições e com uma crença espiritual muito forte. Milhares de fiéis visitam Juazeiro do Norte ao longo do ano, seja para pagar promessas ou apenas rezar pela memória de Padre Cícero, o maior mito da religiosidade nordestina. O movimento é grande nos dias 24 de março e 20 de julho, datas de nascimento e morte do religioso; e também no mês de setembro, quando acontece a Festa de Nossa Senhora das Dores. Nenhum evento, porém, supera o Dia do Romeiro, comemorado em primeiro de novembro com missas, procissões e “aceno de chapéus de palha”, uma recriação coletiva do gesto com que o padre saudava o povo.

O cartão-postal da cidade é a estátua de “Padim Ciço”, com 25 metros de altura. Instalada na Colina do Horto, oferece vista panorâmica e abriga uma capela e um museu onde estão expostos objetos pessoais, pinturas e fotos do religioso. O roteiro dos peregrinos inclui ainda o santuário do Coração de Jesus, a matriz de Nossa Senhora das Dores e a capela do Perpétuo Socorro, onde o padre está enterrado.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes

January 31, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload